Fone: (11) 3242-8111 Fax: (11) 3112-0554 | Endereço: Rua Libero Badaró, 158 - 6º andar - São Paulo - SP

Santa Casa de Jacareí vai tentar empréstimo para quitar salários

Empregados terceirizados estão sem receber há três meses, diz prefeitura

A Santa Casa de Jacareí vai tentar um empréstimo bancário para tentar quitar os salários atrasados de empregados terceirizados. A informação é da própria prefeitura, responsável por repasses ao hospital.

 
Nesta quarta-feira (2), empregados terceirizados dos setores de limpeza e vigilância, afetados pelo não pagamento dos vencimentos, fizeram um protesto na Câmara. O governo municipal confirmou que os trabalhadores estão sem receber os salários de setembro, outubro e novembro.
 
Em nota, a prefeitura informou que os repasses mensais à Santa Casa são feitos de acordo com os atendimentos e procedimentos de saúde realizados pelo hospital e que esses repasses não tiveram interrupções.
 
Ainda de acordo com o Executivo, há trabalhadores que prestam serviço nas áreas de limpeza e segurança na Santa Casa que são funcionários da empresa Costa & Marques e há também funcionários do próprio hospital que desempenham as mesmas funções.
 
"A Santa Casa informa que está negociando com a empresa Costa & Marques sobre pagamentos em atraso e que está tentando obter empréstimo na rede bancária para quitar a dívida. A Santa Casa informa também que os serviços de limpeza e segurança estão sendo feitos por seus próprios funcionários", conclui a prefeitura em nota.
 
Pedido de ajuda à CCR NovaDutra 
Nesta segunda-feira (30), um grupo de vereadores de Jacareí e o deputado estadual Padre Afonso Lobato (PV), participaram de uma reunião com o diretor da CCR NovaDutra, João Daniel Marques da Silva, para solicitar a destinação de investimentos financeiros por parte da empresa para custear despesas junto à Santa Casa.
 
No entanto, esta última tentativa dos parlamentares em ajudar o hospital, não será atendida pela concessionária que administra a rodovia Dutra (BR-116). A CCR NovaDutra confirmou que existiu o encontro para falar sobre as condições financeiras da Santa Casa da cidade.
 
"Durante o encontro, o posicionamento da Concessionária, foi reforçar que além de prestar serviços à sociedade, repassa ao município através do ISS (Imposto Sobre Serviço) o valor de R$ 2,5 milhões por ano e que também apoia outros projetos e instituições da cidade", diz em nota.
 
"A Diretoria da Concessionária sugeriu aos representantes do município, que sejam formuladas novas ações que atinjam a população e empresários da cidade, ações essas que busquem novos parceiros para apoio no financiamento da saúde", conclui a CCR NovaDutra em nota.