Fone: (11) 3242-8111 Fax: (11) 3112-0554 | Endereço: Rua Libero Badaró, 158 - 6º andar - São Paulo - SP

SANTA CASA SUBSTITUI TOMÓGRAFO QUEBRADO DESDE ABRIL

Novo tomógrafo da Santa Casa foi instalado no final da semana passada e recebe últimos ajustes.

O novo aparelho de tomografia da Santa Casa de Misericórdia de Araras já foi instalado e está na fase de ajustes técnicos pela equipe de engenheiros da Siemens e, segundo a provedoria da entidade, em poucos dias já estará funcionando. O novo tomógrafo substitui o antigo que estava quebrado desde abril deste ano.

O equipamento foi comprado pela Santa Casa e parte do dinheiro investido corresponde ao valor que “sobrou” nas contas do Legislativo e que corresponde ao que foi economizado do total de recursos repassados anualmente à Câmara e que são previstos no orçamento do município. Este ano a Câmara devolveu mais de R$ 1,1 milhão aos cofres da Prefeitura. A Prefeitura repassou o montante para a Santa Casa.

“A princípio, com os recursos da Câmara dos Vereadores a Irmandade havia decidido pela aquisição de 11 novas máquinas de hemodiálise para expansão do setor, no entanto, com o inevitável dano decorrente do tempo de uso do tomógrafo, optou-se pela substituição do mesmo. A mesa administrativa da Irmandade, continua movendo seus melhores esforços na busca de novos recursos para a expansão do setor de hemodiálise (já em processo de compras de cinco máquinas através de emendas parlamentares), e espera em breve concluir esse projeto assim como tantos outros que virão”, informou em nota o provedor da Santa Casa, Fernando Dela Puente Fernandes.

A Santa Casa é responsável pela realização dos exames de tomografia dos pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde) e desde que o aparelho quebrou em abril deste ano, a entidade vinha encaminhando os pacientes para empresas prestadoras de serviço. Com a vinda do aparelho novo, a Santa Casa poderá economizar com gastos da terceirização do serviço. Dados do setor administrativo da instituição mostram que cada paciente encaminhado fica 40% mais caro para a entidade.

Ainda de acordo com o setor administrativo da instituição de janeiro de 2015 a junho de 2017 a Santa Casa gastou R$ 780 mil em manutenção e compra de peças para reposição do antigo tomógrafo. Um custo médio de R$ 26 mil por mês e que poderão ser economizados com a nova aquisição.

Após a última quebra do equipamento, a entidade fez uma avaliação e concluiu que não valia mais a pena (custo-benefício) consertar o antigo tomógrafo e optou pela compra de um novo aparelho. Segundo a Secretaria de Saúde o equipamento realizava cerca de 100 tomografias por mês.

Fonte: Jornal Tribuna do Povo