Fone: (11) 3242-8111 Fax: (11) 3112-0554 | Endereço: Rua Libero Badaró, 158 - 6º andar - São Paulo - SP

SANTA CASA DE SOROCABA PASSARÁ A OFERECER MAIS SERVIÇOS PELO SUS
04/10/2018

Com a renovação do Plano Operativo Assistencial (POA) entre a Santa Casa e Prefeitura de Sorocaba, ocorrida nesta terça-feira (02), a instituição de saúde passará a oferecer uma série de procedimentos até então não disponíveis para atendimento SUS (Sistema Único de Saúde). A renovação e o anúncio das mudanças ocorreram no 6ª andar do Paço Municipal. Houve também a contratação de novos leitos pela Secretaria municipal de Saúde. Essa renovação significou aumento de R$ 1,5 milhão no repasse total, que vai de R$ 7 milhões para R$ 8,5 milhões. Com isso, 4.212 exames e 32 cirurgias eletivas serão realizadas por mês.

Com a assinatura, pacientes SUS de Sorocaba e de cidades da Região Metropolitana contarão com ressonância magnética. Serão 50 procedimentos por mês. Já para a densitometria, serão 30 atendimentos por mês. CPRE de urgência — procedimento por endoscopia — serão 16 por mês, enquanto que o procedimento de broncoscopia com dilatação serão nove ao longo de cada 30 dias.

As mudanças também estão relacionadas com as cirurgias eletivas. Serão 10 relacionadas aos problemas gástricos. Outros cinco estão relacionados com as cirurgias urológicas, duas ortopédicas, 12 ginecológicas — incluindo laqueadura –, duas cirurgias múltiplas, além de uma biópsia de cabeça e pescoço, totalizando 32 procedimentos por mês.

A renovação prevê, por exemplo, 10 leitos para pacientes críticos. Atualmente, conforme a Secretaria de Saúde, nenhum estava previsto em contrato. Ainda sobre leitos, há a previsão no novo instrumento de três vagas para cirurgia eletiva. No contrato anterior, nenhuma vaga estava prevista. Durante o encontro também foi apresentada a otimização de leitos que não atingiam suas metas de ocupação. No caso da saúde mental, o número de leitos aumentou de 10 para 16. Em relação aos leitos cirúrgicos de onco o número passou de cinco para sete. Por fim, o número de leitos para estabilização ficou em três. Atualmente, nenhum era oferecido.

O novo contrato, assinado pelo prefeito José Crespo (DEM) na presença de membros da Santa Casa e da secretária de Saúde Marina Elaine Pereira, tem validade de um ano. Durante o encontro, o presidente da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Sorocaba, padre Flávio Jorge Miguel Júnior, fez reiterados agradecimentos à atual gestão. “Nunca esse governo atrasou uma parcela para a Santa Casa”, disse em uma das ocasiões. Padre Flávio também destacou as mudanças no instrumento atual, assinado ontem, e do que estava em vigor. “O POA tinha uma série de equívocos históricos. Havia uma série de coisas que não estavam claras e estava quebrando o hospital”, afirmou.

UPH leste

Elaine Pereira foi questionada após assinatura da renovação do POA sobre o fim do contrato atual de gestão na Unidade Pré-Hospitalar da zona leste, previsto para o início do ano que vem. Conforme ela, está havendo estudo sobre uma possível prorrogação do contrato atual ou de manter assistência 24 horas para a região. “A gente está montando estudos nesse sentido. A intenção é que mantenha-se [no mesmo prédio, na avenida Nogueira Padilha], mas isso vai depender, obviamente, do que o Jurídico me validar”, comentou a secretária. O prazo para essa definição é até o final deste mês.

UBSs

O prefeito José Crespo voltou a falar sobre as diretrizes em estudos, segundo ele, para fortalecer a atenção básica. “É para lá [para as UBSs] que nossos esforços estão sendo dirigido, o levando principal fator, que é o ser humano, os profissionais da saúde. Vamos levar mais de 800 profissionais, além de médicos e enfermeiros. Vamos completar os quadros para que a população perceba que ali é o principal ponto de atendimento na saúde”, disse Crespo. Sobre a atenção básica, Elaine Pereira lembrou que há intenção de estender o horário de atendimento em algumas UBSs, ao menos até as 22h.


Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul