Fone: (11) 3242-8111 Fax: (11) 3112-0554 | Endereço: Rua Libero Badaró, 158 - 6º andar - São Paulo - SP

SANTA CASA DE MARÍLIA É RECONHECIDA PELA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE COMO ‘HOSPITAL AMIGO DO TRANSPLANTE’
19/10/2018

A Santa Casa de Misericórdia de Marília foi reconhecida pela Secretaria de Estado da Saúde como “Hospital Amigo do Transplante”. A premiação é entregue às instituições que contribuem com ações para conscientizar as pessoas sobre a importância da doação de órgãos e realizações de transplantes.

A entrega do prêmio à Santa Casa de Marília aconteceu durante o 1º Encontro Estadual das Comissões Intrahospitalares de Transplantes do Estado de São Paulo, realizado nos dias 24 e 25 de setembro, no Centro de Convenções Rebouças, na capital paulista.

“Estiveram no evento representantes das comissões de todo o Estado de São Paulo, ou seja, de vários hospitais que fazem captação e transplantes de órgãos”, enfatizou a enfermeira da Cihdott (Comissão Intrahospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes) da Santa Casa de Marília, Micaele Siqueira Cardoso, que esteve no encontro com a também enfermeira da comissão Tábata Neves.

A troca de experiências com outras comissões foi extremamente importante, conforme Micaele. “Vimos que estamos no caminho certo e muito bem em relação a outros hospitais. A campanha que fazemos na Santa Casa de Marília é muito similar a de outras grandes instituições”.

Durante o Setembro Verde, o mês de conscientização da doação de órgãos, a Santa Casa de Marília realizou a Caminhada Pela Vida, na avenida das Esmeraldas, o Pedágio Pela Vida – para destacar a importância de ser doador e salvar a vida de outras pessoas, além de palestras em escolas para contar com o apoio de estudantes na multiplicação de informações sobre o tema.

Implantada na Santa Casa de Marília há 16 anos, a Cihdott passou por um processo de reestruturação há três anos. Grupo de enfermeiras passou por capacitação técnica e iniciou o processo de enucleação - retirada do globo ocular para a captação de córneas, além de um trabalho mais intenso junto à Central de Transplantes de Órgãos. O médico Luiz Henrique Stéfano coordena a comissão.

Vale lembrar que a Santa Casa de Marília faz transplantes renais há 36 anos e somente este ano já foram 14 procedimentos realizados no hospital mariliense, que está entre os cinco maiores centros de transplantes de rim do Estado de São Paulo. 

Atualmente, 293 pacientes transplantados fazem acompanhamento na Santa Casa de Marília. Cerca de 2.200 sessões de hemodiálise e aproximadamente 100 diálises peritoniais são realizadas mensalmente no hospital, que é referência em Nefrologia no interior do Estado.

Fonte: Assessoria de Imprensa - www.santacasamarilia.com.br  

imprensa@santacasamarilia.com.br