Fone: (11) 3242-8111 Fax: (11) 3112-0554 | Endereço: Rua Libero Badaró, 158 - 6º andar - São Paulo - SP

Campanha “Dê o Sangue pela Vida” 2017
05/04/2017

No ano passado, foram coletadas 106 bolsas de sangue e a expectativa é de que o número de doações aumente a cada ano.

 

A Câmara Municipal de Jahu realiza no dia 13 de abril de 2017 (quinta-feira, véspera da “Sexta da Paixão”) a Campanha “Dê o sangue pela vida”.

 

Organizada em conjunto pela Câmara Municipal de Jahu e pelo Hemonúcleo Regional (vinculado à Fundação Amaral Carvalho), a campanha é realizada desde 2013, sempre na quinta-feira que antecede ao domingo de Páscoa, ocasião em que se comemora o “Dia Municipal do Doador de Sangue em Jahu”. A data foi instituída pela Lei Municipal 4.804/2013, aprovada por unanimidade pelos vereadores à época.

 

No ano passado (2016), foram coletadas 106 bolsas de sangue e a expectativa é de que o número de doações aumente a cada ano. Além de contribuir para aumentar o banco de sangue do hemonúcleo, a Lei 4.804/2013 tem como objetivo desenvolver a consciência sobre a necessidade de doações de sangue e hemocomponentes ao Hemonúcleo de Jahu – que, além do Hospital Amaral Carvalho e da Santa Casa de Jahu, atende a nove hospitais da região. Cada doador de sangue, com seu gesto

voluntário, tem a possibilidade de salvar até três vidas. Haverá, também, orientação aos participantes sobre o cadastro nacional para doação de medula óssea.

 

Um dos principais colaboradores desta campanha é o Tiro de Guerra de Jahu. Jovens que estão em serviço militar colaboram anualmente de forma voluntária, contribuindo para que os estoques do Hemonúcleo Regional não fiquem baixos, especialmente em uma véspera de feriado prolongado, como é o caso da Páscoa.

 

Outra presença confirmada na Campanha “Dê o sangue pela vida” é a dos irreverentes “Remédicos do Riso”, grupo voluntário que atua junto ao Hospital Amaral Carvalho levando alegria e felicidade aos pacientes que realizam tratamento na instituição. Todos os anos os “Remédicos” participam da campanha da Câmara, garantindo gargalhadas e bom humor aos doadores de sangue.

 

O evento será transmitido ao vivo pela TV Câmara Jahu. Serão realizadas chamadas e entrevistas no decorrer de toda a manhã do dia 13 de abril.

 

A TV Câmara Jahu é transmitida atualmente pelos canais: 61.4 (sinal aberto digital); 10 (cabo NET Digital); 52 (cabo ConectCor). Também é possível assistir à TV Câmara Jahu pelo YouTube (www.youtube.com/tvcamjau).

 

A Câmara Municipal de Jahu fica localizada na Praça Barão do Rio Branco, sem número, no Centro da cidade. Os interessados em participar da campanha devem comparecer à sede do Poder Legislativo, no dia 13 de abril de 2017, entre 7h30 e meio-dia, munidos de documento oficial com foto e atender aos requisitos para doação de sangue (veja abaixo as listas de requisitos e impedimentos obtidas no site do Hospital Amaral Carvalho).

 

Para doar sangue é preciso:

*Estar em boas condições de saúde;

*Ter entre 16 e 69 anos (menores, a partir dos 16 anos podem doar acompanhados de um dos pais

ou responsável legal; maiores de 65 anos só podem doar se já doaram antes dos 60 anos);

*Pesar mais de 50 kg;

*Estar descansado (ter dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas);

*Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa duas horas antes da doação);

*Portar documento oficial com foto (obrigatório);

 

O doador não pode:

*Estar utilizando determinados medicamentos (informe-se com a equipe do Hemonúcleo quais remédios impedem a doação);

*Ter tido hepatite após os 10 anos de idade;

*Ter tido evidência clínica ou laboratorial de doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue, como Hepatites B e C, AIDS (Vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas;

*Ter feito tatuagem ou colocado piercing nos últimos 12 meses;

*Estar resfriado ou com gripe (aguardar sete dias depois do desaparecimento dos sintomas);

*Estar grávida ou amamentando;

*Ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas que antecedem a doação;

*Ter usado drogas ilícitas injetáveis;

*Ter realizado parto normal (esperar 90 dias após o parto) ou cesariana (esperar 180 dias após o parto);

*Ter sido exposto a situações de maior risco para contração de doenças sexualmente transmissíveis (aguardar 12 meses);

*Ter viajado para os Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Rondônia, Roraima, Maranhão, Mato Grosso, Pará e Tocantins - locais com alto índice de malária (aguardar 12 meses).

 

Após a doação de sangue:

*Permaneça sentado por pelo menos 10 minutos antes deixar o Hemonúcleo;

*Coma e beba os alimentos oferecidos no local;

*Tome bastante líquido nas 24 horas após a doação;

*Evite exercícios físicos pesados por 12 horas para prevenir sangramentos, ajudar na cicatrização do local onde a agulha foi colocada e permitir que o corpo se adapte à perda de volume ocorrida na doação;

*Mantenha o curativo colocado por no mínimo 4 horas, se notar que voltou a sangrar, pressione o local por 2 a 5 minutos e troque o curativo;

*Se sentir mal-estar, fraqueza ou sensação de que vai desmaiar depois que saiu do Hemonúcleo, sente-se e coloque a cabeça entre os joelhos ou deite-se imediatamente e eleve as pernas, para evitar quedas e aumentar a circulação de sangue no cérebro;

*Se for dirigir ou for transportado em motocicleta, parar imediatamente o veículo em caso de mal estar.

 

Crédito: Departamento de Mídia/Câmara Municipal de Jahu